Palestras

27 de setembro
15 horas:
Palestra: Cultura e Patrimônio na Economia Criativa – Bogotá Cidade UNESCO da Música
Palestrante: Juan Luis Restrepo Viana – Gerente de Música do Programa ‘Bogotá, Cidade da Música.

16 horas:
Palestra: Experiências, Projetos e Ações desenvolvidas no Campo da Música, na Cidade da Praia – Capital de Cabo Verde, país-arquipélago no Oceano Atlântico, a oeste do Senegal. Cidade UNESCO da Música
Palestrante: Antônio Lopes da Silva – Prefeito da Cidade de Praia – Cabo Verde.

17 horas:
Palestra: Salvador Cidade UNESCO da Música e Rede Brasileira de Cidade Criativas.
Soraya Pessino – Ponto Focal do Programa Salvador Cidade Criativa – Coordenadora do Próximo Ecriativa.

18 Horas:
Palestra: Economia Criativa como Solução para a Cidade.
Palestrante: Cesar Paz é um empreendedor criativo de muito sucesso e mestre em Design Estratégico. Depois de vender sua grande agência de comunicação, criou um ecossistema de seis novas empresas de comunicação, audiovisual, conteúdo, media, design, dados, creatorse desenvolvimento de software.

19 horas:
Palestra: Reciclagem com Alto Valor Agregado: Arquitetura + Moda + DesignP
alestrante: Silvina Martinez consegue algo desejado pela maioria dos empreendedores criativos: participar do circuito de valor agregado: alta moda, design e arquitetura.
E consegue isso a partir de duas grandes oportunidades, mais necessidades atuais: trabalho com reciclagem de materiais disponíveis, mais produção social, incluindo grupos de risco ou baixa renda.
RECICLAGEM COM ALTO VALOR AGREGADO: ARQUITETURA + MODA + DESIGN
Qual o nível de acabamento e originalidade para participar de Fashion Weeks?
Qual comunicação para ser reconhecida em mercados internacionais?
Quais as relações e com quem se associar para acessar Mostras Internacionais?
E a sequência?
Como escalar sua criatividade e ao mesmo tempo dar mais oportunidades a mais pessoas, em mais lugares?

20 horas:
Palestra: Centros Criativos e Colaborativos como Alavancas de Desenvolvimento de Cidades
Palestrante: Fernando Garcia
falará sobre o Projeto “Martadero” que é uma referência internacional, criado e gerido de forma colaborativa e a partir das novas economias e os inúmeros prêmios recebidos mostram isso.
Situado em Cochabamba, Bolívia, ele mostra como o que parece impossível se torna possível.
Senhoras que revitalizam ruas com seus mosaicos; jovens unidos para transformar depósitos de lixo em praças, para prática de artes urbanas; artistas visuais valorizando a cidade através de uma Bienal de Artes Urbanas, os exemplos são muitos e se adequam ao contexto da Paraíba.
Fernando mostrará a chave de sucesso disso: as ferramentas criadas por eles e que permitem a cogestão do espaço.
Uma oportunidade para que os participantes possam interagir mais, conhecer os métodos de trabalho e resultados do palestrante e conhecer os demais interessados no tema.

________________

28 de setembro

15 horas:
Palestra – Como Aumentar em 500% a Visitação a Museus
Palestrante: Maria Vicenta beleguer Dolz – Valencia – Espanha.

16 horas:
Palestra: O Valor e o Impacto da Cultura e Negócios Criativos para a Sociedade
Palestrante: Cristina Alonso
É uma de suas gestoras culturais mais conceituadas.
Dirigiu de forma colaborativa uma das Fábricas de Creación, rede de equipamentos culturais da prefeitura de Barcelona, uma das principais cidades criativas do mundo.
Criadora de festivais desenhados para transformar a cidadehttps://salmon-dance.com/es/
E diretora de um grande teatro criado para ser um elemento transformador do seu município. https://www.teatrelartesa.cat/?lan=es#googtrans(ca|es)
Nesta visita à Paraíba ela quer convidar o Estado do Paraíba a integrar-se à ASOCIACIÓN INTERNACIONAL DE GESTIÓN CULTURAL 4D, que está sendo iniciada por quatorze instituições, de seis países, que operam de forma colaborativa.
Ela relata na palestra as novas práticas de gestão a partir da economia criativa, compartilhada, colaborativa e multivalores. E as métricas que servem tanto para saber o real valor das atividades de cultura e economia criativa quanto para evidenciar seu impacto 4D: cultural, ambiental, social e financeiro.

17 horas:

Palestra: Colaboração + Juventude+ Dança + Meio Ambiente = 80 mil Beneficiados.
Palestrante: Thiago Alixandre – Votorantim – Brasil
Há poucos casos de sucesso e longevos quanto o Coletivo 12, operando na lógica da combinação de Economia Criativa, Compartilhada, Colaborativa e Multimoedas. Merecem seus muitos prêmios.
Localizados em Votorantim, existe desde 2008 e é formado por jovens bailarinos. Cem por cento das escolas públicas viram seus espetáculos.
Nas atividades culturais foram mais de 5000 alunos atendidos, só em 2015.

18 horas
Palestra: Plataforma de Circulação e Internacionalização de Negócios Criativos.
Palestrante: Maria José Cifuentes Miranda
Mestre em Prática Cênica e Cultura Visual pela Universidade de Alcalá, Espanha (2009). Professora, pesquisadora, gestora e curadora na área de Artes Cênicas.
Autora do livro “História Social da Dança no Chile 1940-1990” (2007). Membro do Centro de Pesquisa e Memória das Artes Cênicas CIM (Chile) e pesquisadora da ARTEA, (Espanha).
Diretora do MOV-S Chile (2015), curadora e dramaturga de Espaços Revelados, Chile (2016). Diretora do Festival de Cena Doméstica (2011-2014). Atualmente Gerente da Fundação do Patrimônio Criativo e Diretor Artístico e Executivo do Nave, Centro de Criação e Residência em Santiago, Chile.

______________________

Voltar