Feira Internacional de Negócios Criativos e Colaborativos terá conferencistas renomados

Ao todo, estão programadas 22 palestras para o evento, que acontece

no Espaço Cultural, em João Pessoa, entre os dias 25 e 28 deste mês

As palestras programadas para a Feira Internacional de Negócios Criativos e Colaborativos (Fincc) abordam temas como moda, artesanato, arquitetura, gestão cultural, design, música, dança, empreendedorismo, arte cênica e museus. Elas acontecem sempre a partir das 15h, nos quatro dias do evento, e contam com conferencistas reconhecidos em todo o mundo, que promoverão discussões fundamentais para entender o peso das novas economias em cada uma das áreas envolvidas. A feira, uma promoção do Sebrae Paraíba, acontece entre os dias 25 e 28 deste mês, no Espaço Cultural José Lins do Rego.

As conferências começam na quarta-feira (25), com destaques para “Moda Além da Roupa”, com o renomado estilista Ronaldo Fraga, e “2029, Paraíba – Maior Êxito de Negócios Criativos e Colaborativos. Como?”, com Lala Deheinzelin, pioneira em Economia Criativa no Brasil. Na quinta-feira (26), também a partir das 15h, haverá outras seis palestras. As mais esperadas são: “Cidades Criativas Criam Oportunidades, Atraem Investimentos e Geram Desenvolvimento com Inclusão”, com Jorge Edson Garcia, coordenador-geral de Empreendedorismo e Inovação da Secretaria da Economia Criativa do Ministério da Cidadania; “Vantagem Colaborativa: Quando 1 + 1 > 2”, ministrada por Rosa Alegria, pioneira, no Brasil, em Foresight Estratégico; e “Buenos Aires Cidade Unesco do Design” com Analia Cervini, diretora do Programa das Indústrias Criativas da Cidade de Buenos Aires (Argentina).

Na sexta-feira (27), teremos, entre as seis palestras do dia, “Centros Criativos e Colaborativos como Alavancas de Desenvolvimento de Cidades”, com Fernando Garcia, idealizador do Projeto mARTadero (Cochabamba, Bolívia), e “Reciclagem com Alto Valor Agregado: Arquitetura + Moda + Design”, com Silvina Martinez, que une alta moda, design e arquitetura a partir de um trabalho com reciclagem de materiais disponíveis e produção social, incluindo grupos de risco ou baixa renda.

Por fim, no último dia de palestras (28), distinguem-se “Como Aumentar em 500% a Visitação a Museus”, com a advogada especializada em direito da cultura e arte Marta Pérez Soria, também gestora cultural em âmbito público e privado (Valência, Espanha); “O Valor e o Impacto da Cultura e Negócios Criativos para a Sociedade”, com a gestora cultural Cristina Alonso, de Barcelona (Espanha) – ela pretende convidar a Paraíba para se integrar à Asociación Internacional de Gestión Cultural 4D, atualmente iniciada por 14 instituições de seis países, que operam de forma colaborativa –, e “Plataforma de Circulação e Internacionalização de Negócios Criativos”, com Maria José Cifuentes Miranda, de Santigo (Chile), pesquisadora, gestora e curadora na área de artes cênicas.